O cantor Julio Iglesias foi reconhecido por um tribunal de Valência, na Espanha, como pai biológico de Javier Sánchez, de 43 anos.

    A mãe de Sánchez, a ex-dançarina portuguesa Maria Edite Santos, conta que conheceu Julio Iglesias no verão de 1975, em Costa Brava, na Espanha. Na época, ele era casado com Isabel Preysler.

    A decisão judicial não deve colocar fim à disputa judicial, que já tem três décadas, porque está sujeita a recurso. Antes mesmo do anúncio do tribunal, o advogado de Iglesias já tinha afirmado sua intenção de recorrer da sentença caso fosse desfavorável aos interesses do cantor.

    Durante todo esse tempo, o cantor se recusou a se submeter a um exame de DNA, o que foi usado como argumento pelo magistrado para declará-lo pai.

    Cantor Julio Iglesias, em imagem de arquivo de 29 de setembro 2016 — Foto: Carlos Giusti/AP

    “É algo pacífico e constante [na jurisprudência espanhola] que a recusa de se submeter ao teste biológico” seja suficiente, se outros elementos circunstanciais coincidirem, “para aplicar o efeito previsto no artigo 767, parágrafo 4 da Lei de Processo Civil” [ou seja, para que seja declarada a filiação].

    O magistrado enfatizou que levou em conta ainda que, entre outros elementos, a “semelhança física mais óbvia” entre pai e filho.

    No Comment

    You can post first response comment.

    Leave A Comment

    Please enter your name. Please enter an valid email address. Please enter a message.