O estilista francês Jean-Charles de Castelbajac será o novo diretor artístico das coleções masculina e feminina da Benetton, que busca um novo impulso, anunciou nesta segunda-feira o grupo italiano em um comunicado. A entrada de Castelbajac acontece três meses após a morte de Carlo Benetton, um dos fundadores da marca.

    “Estamos contentes de acolher Jean-Charles de Castelbajac em nossa grande família”, anunciou o diretor executivo da marca, Luciano Benetton, citado no texto.

    “Sua experiência, carisma e capacidade para prever as tendências futuras, sejam na sociedade ou na moda, serão um grande recurso para a nossa marca”, acrescentou.

    Jean-Charles de Castelbajac possui uma extensa carreira, do estilismo à pintura, passando pela publicidade, arte de rua e moda, destaca o grupo italiano.

    “Visionária, United Colors of Benetton imaginou o mundo de hoje: uma moda pop, colorida, acessível a todos, universal com as imagens fortes de Oliviero Toscani”, comentou Castelbajac, citado no comunicado.

    “United Colors of Benetton e eu sempre tivemos a mesma visão da moda, caracterizada pela paixão pelo ponto e o amor pelas cores do arco-íris e o pop”, ressaltou.

    Criada em 1965 no nordeste da Itália, a marca Benetton, conhecida inicialmente por seus suéteres de lã multicoloridos, conquistou um sucesso crescente até se tornar global entre 1982 e 2000 graças a suas provocadoras campanha publicitárias do fotógrafo Oliviero Toscani.

    Mas nesta última década, a marca, que desde então se diversificou, não parou de declinar. Esta situação levou Luciano Benetton, de 83 anos, a retomar no ano passado as rédeas do grupo que havia deixado em 2012.

    Benetton encerrou 2017 com perdas de 180 milhões de euros, o pior resultado de sua história, mas espera ver em 2019 os primeiros efeitos da nova estratégia.

    No Comment

    You can post first response comment.

    Leave A Comment

    Please enter your name. Please enter an valid email address. Please enter a message.